Receitas para as Festas de Todo o Mundo

Por /

As celebrações das Festas nunca são idênticas — mas quer esteja na Cidade do Cabo, em Singapura ou em São Francisco, as festas são sempre à roda da família, amigos e comida.

De acordo com um inquérito feito pela Harris Poll/Airbnb, a maioria dos viajantes (54%) gosta tanto de cozinhar como de comer fora quando está a viajar — por isso, não é surpresa nenhuma que as Experiências gastronómicas, como aulas de culinária com célebres chefs locais, são das preferidas dos hóspedes da Airbnb. Por isso, para celebrar esta época festiva, pedimos a alguns dos nossos Anfitriões de Experiências para partilhar as suas receitas favoritas para esta época. Desde sopas a acompanhamentos e a sobremesas, espreite alguns dos pratos mais adorados por anfitriões de todo o mundo — e como prepará-los em sua casa.

Aletria
Tolga em Lisboa

A maioria das pessoas não associa massa a sobremesas. Mas, para Tolga Von Klein, anfitrião da Aula de Marisco Português em Lisboa, aletria é a base da sua guloseima favorita de Natal. Embora as origens da aletria sejam difíceis de traçar, esta sobremesa portuguesa clássica provavelmente teve origem com os Mouros, que ocuparam o país durante mais de 500 anos, diz Von Klein. Polvilhada com canela e sementes de romã, tem aparecido em ementas natalícias desde essa altura. Para uma refeição típica de Natal, Von Klein recomenda a aletria como parte de um menu à portuguesa: Bacalhau, preparado com couve, batatas e azeite, e Carne de Porco à Alentejana. Se tiver espaço para mais do que uma sobremesa, esteja atento às surpresas. Mas cuidado, quem encontrar a fava no bolo-rei, terá de pagar o bolo-rei para o ano!

O jantar da noite de Natal é chamado de Consoada. Outro costume é colocar alguns lugares a mais à mesa para as almas de quem já não está connosco. São oferecidos alimentos com a esperança de boas coisas para o futuro

Tolga em Lisboa 

Descarregue aqui a receita e aprenda mais sobre a Experiência do Tolga aqui.

Guasmole Morelense
Ana de Tepoztlan

Para a Chefe Ana Garcia, anfitriã de Cozinhar Comida Tepozteco com uma Chefe de Renome, o mais importante é a carne de porco. Um ingrediente marcante em Tepoztlan, o prato de Guasmole Morelense de Garcia foi-lhe passado pelo seu talhante local numa vila pré-colonial perto da Cidade do México. Com um caldo encorpado, especiarias e guajes, este prato não precisa de muito mais do que algumas tortilhas num final de dia frio. O segredo? “Escolher carne com alguma gordura ajuda a criar um caldo saboroso” diz Ana. Outros pratos populares nesta época incluem pernil de porco em molho adobo, romeritos e bacalhau. O Natal não é apenas um evento de duas noites: Em todo o México, são nove noites de ‘posadas’, procissões festivas e encenações de natal, comuns nas nove noites que antecedem a véspera de Natal.  

As ‘posadas’ são geralmente celebradas nesta época do ano, quando somos convidados para a casa de vizinhos para celebrar a chegada de Jesus a Belém. Há muitas ‘posadas’ aqui e é uma altura para estarmos juntos de família, amigos e vizinhos.

Ana de Tepoztlan

Descarregue aqui a receita e aprenda mais sobre a Experiência da Ana aqui.

Laksa
Daniel na Singapura

Para Daniel Tan, anfitrião do Workshop de Cozinha Cultural em Singapura, Laksa engloba o multiculturalismo da Singapura. Este caldo rico tem as suas origens na cultura Peranakan: descendentes de pessoas nascidas de chineses que migraram para o arquipélago Malaio há séculos. Picante e salgado, é o prato perfeito para a época festiva invernal de Singapura, que inclui elaborados jantares de Natal celebrados por todos os habitantes locais, independentemente da sua filiação religiosa. Laksa pode ser servido ao lado do peru ou pernil, com um toque local distinto: “Peru tandoori, peru marinado com ervas e especiarias chinesas e até peru satay” sugere Daniel. Mas, numa das cidades mais dinâmicas do mundo, o Natal é apenas uma das muitas épocas festivas religiosas — como o Hari Raya (Eid al-Fitr) ou Deepavali (Diwali) — que são amplamente celebradas com comida, festivais e eventos públicos ao longo do ano: “As pessoas que viajam para Singapura devem tentar fazer coincidir as suas visitas com uma das nossas festas tradicionais”, sugere Daniel.

Os dois maiores passatempos dos singapurenses são comer e fazer compras! Por isso, os viajantes podem esperar grandes promoções de compras e bazares coloridos de comida durante as principais épocas festivas.

Daniel na Singapura

Descarregue aqui a receita e aprenda mais sobre a Experiência do Daniel aqui.

Beterraba com Cebola
Rico na Cidade do Cabo

Para Rico Minaar, anfitrião da Aula de Cozinha do Cabo Malaio, a simples mas versátil beterraba é a derradeira comida de conforto. “Está fortemente enraizada nas nossas refeições em família”, diz Rico. “Ao crescer com a minha avó, era o acompanhamento favorito das batatas assadas, em todos os almoços de domingo.” É um ingrediente central que pode ser preparado de inúmeras maneiras — em sopas, caris ou saladas — mas a receita favorita de Rico foi adaptada de um antigo livro de culinária indiana que encontrou há muitos anos. Conseguirá converter qualquer um num crente: “Mesmo quem não adora este vegetal, fica enfeitiçado pelo charme desta receita.” Este prato saboroso pode ser servido quente ou frio, ao lado de uma salada — e, no Natal, é muitas vezes o acompanhamento de um frango assado, peru ou braai — carnes no churrasco que incluem borrego, frango, salsichas ou marisco. A época festiva quente da Cidade do Cabo significa churrascos ao ar livre em abundância, um costume adorado por todos na cidade costeira solarenga. É o que faz com que os meses de dezembro e janeiro sejam a altura perfeita para explorar as festas de rua natalícias, os mercados ao ar livre a até a praia da Cidade do Cabo — sem gorros nem luvas.

Cape Town is blessed with exceptional quality in terms of menu offerings and ingredients. You can literally eat your way through this amazing city based on your individual choices.

Rico in Cape Town

Descarregue aqui a receita e aprenda mais sobre a Experiência do Rico aqui.

Capresa de Dióspiro e Burrata com Gremolata de Torresmos e Sálvia
Jayne em Sausalito

Para alguns, a época festiva é sinónimo de aconchego com uma caneca de cacau. Mas, na região de São Francisco, é a altura ideal para uma viagem até à costa. É a chefe Jayne Reichert quem o diz, anfitriã da Aula de Culinária de Mercado em Sausalito. Há ostras e caranguejo fresco em abundância nesta altura do ano, assim como dióspiros doces, que compõem um dos pratos favoritos de Jayne nesta época, uma especialidade de salada capresa de dióspiro e burrata. “Adoro que seja fresca e decadente, sem ser pesada”, diz Jayne. “É festiva sem ser demasiado elaborada e é muito fácil de preparar.” O segredo está em encontrar os melhores dióspiros e tostar bem as avelãs. Como acompanhamento perfeito para as festas, o ideal é um espumante de uma das muitas adegas que há por perto: “Espumante!” — sugere Jayne para uma época festiva verdadeiramente californiana.

Esta época do ano é sobre a nossa abundância local: caranguejo Dungeness e limões meyer e ainda uma visita à costa para provar ostras extraordinárias.

Jayne em Sausalito

Descarregue aqui a receita e aprenda mais sobre a Experiência de Jayne aqui.